.

" Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante que o conhecimento".
(Albert Eisten)

sábado, 1 de agosto de 2009

Ultimos dias em Salvador


Esta semana foi mesmo uma semana corrida, tinha que terminar meu trabalho, e também queria ir a lugares que ainda não conhecia nesta linda cidade, minha amiga Ella, me fez companhia na quarta feira, fomos a Igreja do Bonfim, não sei por que que não é a mais bonita de Salvador, eu simplesmente adorei, é linda e com um a riqueza cultura que não é vista nem na igreja do Pelourinho que é toda forrada com ouro.
Depois fomos na feira de São Jaquim pois precisava comprar colher de pau, para minha mãe, e é claro comprei duas para mim, uma para CBT, com um cabo fino e comprido e na ponta pequena e arredonda, lindissima, quando estrear em BH conto para vocês, e a outra igual uma palmatória dasquelas de histórias antigas de colégio que nossas mãe nos contam. Quero ver o efeito, como vai ficar depois que usar, sei que vou me divertir. Ainda na feira ficamos andando por lá vi tanta coisa, é um lugar rústico e pobre, mas também com uma diversidade absoluta, tinha de tudo, me perdi andando em seus corredores (para falar a verdade quem se perdeu foi a Ella, queria sair para o lado contrário a porta). Agora engraçado foi quando passamos por uma barraca de objetos de couro, tinha até bainha de facão, que me trouxe lembranças do passado, pois eu batia em um primo meu com ela, e depois ainda chorava com meu avô dizendo que ele tinha me batido e o pobre apanhava de novo. Vontando a barraca tinha uma boa coleira de couro, que é claro medimos no pescoço da Ella, o vendedor ficou olhando, acho estranho mas não falou nada, comprei corrente ai vi coleira pequenas, destas de micros cachorro que nem sei o nome, que eram perfeitas para pés e mãos, não pensei duas vezes, comprei 4 unidades, o vendedor ficou olhando e me perguntou se eu tinha tanto cachorro assim, eu disse que o meu cachorro era grande que as coleiras pequenas era para o cachorro da minha tia, olha a bobagem, deveria ter falado que era para amarrar as patas do meu cachorro grande, o que não estaria mentindo, era para isso mesmo, queria saber por que a gente ainda fica com vergonha de dizer o que pensa. Bem isso vai ficar para outra história.
Bem ao sairmos da feita o dia estava acabando, e iriamos pegar um grande transito de volta para Pituba, e resolvemos parar no MAM e ver o por do sol, nossa foi o mais belo por do sol que vi, ficou com jeito de nostalgia, tomamos cerveja, café e é claro em homenagem a Luiz Petit gateau, lembrei de você, e ainda fiz uma pequena maldade ligando para Loira e falando onde estavamos, ela também adora o MAM. É realmente fabuloso sentar no pier da cafeteria ver o por do sol na companhia de amigos. Amei.
Bom achei que nem fosse ver mais meus amigos antes de sair de Salvador, até que em uma conversa no chat do bdsm bahia, resolvemos passar a tarde em Itapoã, e comer acaraje da Cira, pois não podia sair de SSA sem comer seu mais famoso acarajé, realmente é um acaraje delicioso, mas a companhia foi bem melhor, Luiza e Loira que fui buscar em casa pois ela ainda nem podia ficar saindo de casa, maas foi assim mesmo. Amigos fazem isso.
A paisagem mais bonita de itapoã é no fim de tarde, antes de chegar pela orla, uma chuva forte, tombando os grandes coqueiros e o vendo soprando com toda a sua força, não acreditam o quanto é lindo ver isso, e o mais incrivel é que a chuva caiu forte em Itapoã ontem, parece de que os deuses me ouviram e me deram este presente, mesmo com chuva minhas amigas estava lá, e ficamos desde as cinco da tarde até a meia noite, no posto 12 em frente a barraca da Cira, conversando e rindo, nossa como a Luiza é divertida, ela torna qualquer noite agradável.
Me despedi da Loira, minha primeira amiga de Salvador, um abraço apertado, e sentindo o coração apertar, quanto quanto abracei Luiza quando me despedi, deu até vontade de chorar, mas estou feliz, feliz pelos amigos que fiz, e pelas lembranças que levo.
Não me esquecerei de nenhuma delas, Flor, Mila, Katia, e todos que conheci nesta terra linda, e é claro sei que se listar os meninos vou esquecer alguém, devido a minha memória de peixe, mas não posso deixar de lembrar do Paulinho, me tornou algumas de minhas noites divertidas.
Beijos a todos.

5 comentários:

Luiza disse...

te amo minha amiga!


e tenho dito =)

A Pandora disse...

O sentimento, pode ter certeza, é recíproco.

Anônimo disse...

E a blitz?!?...em uma rua estreita parando tudo e todos rs*
Queria poder fzer isso toda semana,fugir do trabalho e assistir o por do sol no MAM.

ella * *

Loira disse...

Ai, socoooorro... tô me afogando em lágrimas!!

Coração pequenininho de saudade!!

O que acalenta é que eu sei que é de verdade... pra sempre!

Quinta - feita tem encontro... e é no MAM... será que vou chorar?!?!?!

Amo muito vc!!!

Beijokinhas sempre carinhosas dessa Loira que te adora!!

A Pandora disse...

Loira, amiga
eu gostaria de estar junto com vcs neste encontro, pois sabe que o MAM é o meu lugar preferido em Salvador.
Amo muito todas vcs.
Beijos.