.

" Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante que o conhecimento".
(Albert Eisten)

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Mundo Femdom: A Hierarquia BDSM

Hoje recebi um texto de uma amiga que resolvi logo publicar no meu blog.

Deusa - É uma Dominadora que gosta de adoração. Segue uma linha de dominação que pode ser associada a uma religião, sendo a Dominadora o objeto de veneração, física, psicológica e até espiritual, por parte do dominado.


Dominadora - Está ligada diretamente a relações D/s na essência da palavra relacionamento. O termo está associado a jogos de controle. A Dominadora gosta de controlar aspectos físicos e emocionais e sociais da vida do dominado.


Dominatrix - É uma Dominadora tributada. Normalmente uma taxa é cobrada por sessão, mas em alguns casos os valores são estipulados por período. Ex. mensalmente ou semanalmente. Não está associado à prostituição, mas a nomenclatura é frequentemente utilizada por garotas de programa.

Domme - É uma Dominadora que gosta de práticas sádicas. Normalmente segue uma linha de dominação com atividades físicas que causam dor, mas também utiliza jogos psicológicos para causar sofrimento no dominado. Está associado diretamente ao sadomasoquismo.

Lady - É uma Dominadora que busca dominar com sofisticação e tendo envolvimento pessoal com o seu dominado. É definitivamente uma dama, que pretende unir relacionamento baunilha com a relação BDSM.

Mistress/Mestra - É uma dominadora com profundo conhecimento do BDSM. É uma estudiosa dos fetiches, mesmo os que não estão entre suas preferências. O título Mestra não se aplica apenas para os conhecedores da teoria, mas também para aqueles que estão dispostos a ensinar e passar seus conhecimentos adiante.

Rainha - É uma Dominadora que gosta de adoração dos pés e aos seus pés. Sua essência está ligada diretamente à podolatria. Práticas como trampling, cruching e footjob estão associadas a esse título.



Vez dos subs e dos "em cima do muro"(brincadeira):


Switchers - São pessoas que atuam nos dois lados e conseguem, de forma equilibrada, viver as duas formas de prazer. Elas se completam tanto dominando quanto sendo dominadas. ( Uma troca de papeis onde ambos dominam e submetem-se alternando ás vezes de acordo com as vontades de ambos )


Submisso - São pessoas que sentem prazer em servir, em submeter-se às vontades de quem as domina. Devem ter uma postura bem definida, como a forma comportamental. O seu prazer maior é servir e na maioria das vezes ficam felizes ao superarem cada limite para satisfazer quem lhes domina.

Escravo - O que difere o escravo do submisso é que ele na verdade precisa ser dobrado por ordens. Ele tem uma dinâmica mais impulsiva e menos domesticável, pois lhe excita ser rebelde.Precisa ser adestrado de forma mais intensa. Geralmente sente muito prazer na humilhação, em ser o "brinquedo" do seu mestre e seu lado meio que selvagem suplica ser domado.


Abaixo os créditos do autor do texto.

http://mestreseservos.blogspot.com.br/2012/02/top-x-botton.html

http://mestreseservos.blogspot.com.br/2012/02/tipos-de-dominadoras.html

5 comentários:

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Há muito mais nomenclaturas do que eu poderia imaginar! Algumas eu erroneamente associava a outras. Taí...sempre bom aprender com quem sabe! E lá vou eu continuar fuçando! rs
Beijos!!!

WASHINGTON LUIZ MANAUS disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
A Pandora disse...

Washington,

Swinger ou Switchers? Pois são duas coisas muito diferentes, com nomes parecidos.

E tem mais, vc sabe muito sobre mim, e eu nada sobre vc, me escreva e vamos equilibrar isso.

pandora.domme@gmail.com

Bjs,

Pandora.

Jussara Silva disse...

ola boa noite e sobre os Dons e mestres, como se aplicam nomenclaturas e usos gerais? agradeço!

Elisabeth Andrade disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.