.

" Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante que o conhecimento".
(Albert Eisten)

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Em Aracajú - Festa BDSM

Se eu tivesse combinado não tinha dado tão certo, ao chegar em Aracajú na quinta-feira, falei por mensagem com a Sensu, uma amiga que tenho aqui, falando que ela era a primeira pessoa que eu queria ver, e ela me contou uma boa noticia, que teria uma festa BDSM em Aracajú e que eu estaria convidada, claro que fiquei muito feliz pois é sempre bom conhecer pessoas do meio, conversar sobre o BDSM me relaxa, e distrai.
O grupo é fechado e todos se conhecem, e com uma dinâmica própria. Eu não conhecia ninguém além da Sensu e do feio marido dela, dos encontros anteriores, eu fiquei a maioria do tempo observando e conversando com as pessoas, uma turma alegre e divertida, onde quase todos participaram das brincadeira, são um turma animada e que sabe receber.
Sim, apesar de tanto tempo no meio, ainda sou tímida, não me solto facilmente, apenas com as pessoas que já me conhece e que eu conheço.
Então posso parecer meio chata, e olha que me convidaram para brincar com os subs da festa, as pessoas são bem receptivas, mas não fico a vontade com brinquedo que não é meu, e que eu não saiba nada dele, nem como ele reage com brincadeiras. Sem falar da minha cara fechada, pois até eu me sentir familiarizada, demanda um pouco de tempo. Por isso eu decidi, que na próxima festa se eu tiver aqui, vou participar mais, inclusive com as brincadeiras. 



O local que mais me agradou, foi o que menos foi usado, imagine como dar para amarrar alguém nesta parede com estes grampos!

3 comentários:

Shirley Escrava disse...

Eu acho você super divertida. Venha a Juiz de Fora de novo. kkk

A Pandora disse...

Shirley,

Juiz de Fora é uma cidade que adoro, sempre me divirto ai, e desejo uma nova obra ai, mas se não tiver, quem sabe passar alguns dias. Quando eu for quero ver vcs, saudades.

Shirley Escrava disse...

avisa sim... tb sentimos saudades.